Nos últimos dias, cidades de Minas Gerais e do Espírito Santo têm sofrido com as fortes chuvas, enchentes, inundações e fortes ventos. Em artigo publicado na Folha de S. Paulo, o professor da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP, Nabil Bonduki, falou sobre esses episódios, relacionou-os às mudanças climáticas e citou a urgente necessidade de o Estado brasileiro tomar consciência de que os “eventos extremos gerados pelas mudanças climáticas vieram para ficar e ficarão cada vez mais intensos”. Chega de negligenciar o tema!

Segundo Bonduki, é “o país não pode continuar assistindo a essas tragédias como se fossem inevitáveis. Muito pode ser feito, desde que se tome consciência de que as cidades precisam ser mais resilientes aos eventos extremos e que as mudanças climáticas precisam ser mitigadas com medidas estruturais”.

Compartilhe a informação.
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •