Escolha uma Página

Green Economy: entenda por que esse é o futuro do capitalismo

No Fórum Econômico Mundial, que acontece em Davos, na Suíça, um dos pontos mais discutidos, surpreendentemente, tem envolvido as mudanças climáticas, as declarações da ativista Greta Thunberg e o fim do uso e exploração dos combustíveis fósseis. Em função dessas discussões, China e boa parte dos países da União Europeia, têm falado muito no que chamamos de “Green Economy” ou “capitalismo verde”. Com as discussões em Davos, o mercado financeiro e as bolsas de valores serão muito impactados nos próximos tempos.

Para entender

Hoje, o plástico está em praticamente tudo. Mas você lembra quando aconteceu a entrada do plástico no seu dia a dia? E quando o mundo começou a discutir o fim do uso dos canudinhos e copos plásticos? Difícil precisar as datas, né?

O mesmo deve acontecer com a Green Economy. Em pouco tempo pessoas do mundo inteiro passarão a questionar a origem dos produtos que consomem. A empresa polui? Há plástico sendo vendido e consumido? A empresa responsável pelo produto tem ações voltadas à proteção do meio ambiente? Sua linha de produção utiliza combustíveis fósseis ou usa energia limpa? Eles respeitam os direitos humanos?

Toda mudança gera turbulência. Não será diferente com a Green Economy. Mas uma coisa é certa: o futuro do capitalismo, das sociedades e das gerações vindouras está diretamente à economia verde (apesar de governos lobby da indústria fóssil e outras mais).

Você pode começar desde já!